quarta-feira, 22 de março de 2017

O QUE NÃO PODE FALTAR EM UMA CONSULTA AO GINECOLOGISTA


Os médicos ginecologistas se tornaram um clínico da saúde da mulher. 
Essa consulta periódica e indispensável à prevenção de doenças e também a oportunidade do profissional adentrar nesse universo feminino. 
A relação de especialidades que estão diretamente relacionadas a esta consulta com o médico da mulher é bem extensa.   
Vejamos que são pediatras, sexólogos, cardiologistas, ortopedistas, infectologistas, dermatologistas, endócrinos, mastologistas, geriatras, além de psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas entre outros. 
São funções do médico da mulher acompanhar as adolescentes antes e no início da sua vida sexual, orientar o sexo seguro, métodos contraceptivos, planejamento familiar, introdução do pré natal, menopausa, libido, DST prevenção, vacinações HPV etc. 
A mama faz parte do exame clínico de um bom ginecologista e não pode ser excluída desta rotina. 
O Instituto Nacional do Câncer (Inca) define como tática de prevenção fundamental para detecção precoce do tumor tanto a participação dos médicos ginecologistas nesta avaliação clínica quanto a realização de exames periódicos de mamografia (a partir dos 45 anos). 
Não importa a idade da paciente, sempre é indicado o ginecologista avaliar as mamas e uma mulher que queira prevenir o câncer de mama deve, antes de qualquer coisa, ter um médico (ginecologista, mastologista, geriatra) de confiança com o qual possa discutir esta preocupação. 
Fernando Corrêlo
Médico Ginecologista

*Copilado trechos.